sábado, 25 de fevereiro de 2017

O SURGIMENTO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS.

O SURGIMENTO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS.
As estruturas que condicionam o surgimento dos movimentos socais após anos 30, com o desenvolvimento do capitalismo, que gerou uma serie de necessidades a população, pois as atividades produtivas nas grandes cidades levaram a um crescimento urbano desordenado, com isso os trabalhadores se viram em uma situação urbana bastante precária.As industrias se expandiram empurrando os trabalhadores para a periferia, e estes começaram a sofrer carências de transporte, moradia, saúde[...], que deveriam ser suprida pelo Estado ( Estado enquanto governo), que não o faz, por se tratar de um Estado capitalista que privilegia mais a uma classe da população do que outra.
• Como consequencia da ausência do Estado surgem os movimentos sociais, ou seja, eles surgem na ausência do Estado como gerenciador.
• Os movimentos sociais chegaram com o caráter de reivindicar, aquilo que falta, ou o que é precário ao grupo ou a comum, ou a comunidade que eles representam.
• A igreja, nas comunidades de base, teve forte influencia nos movimentos sociais e sindicais.
• Neste contexto o populismo surge para estabelecer um tipo de ligação entre os movimentos de luta, de reivindicação e o Estado.
O Papel dos movimentos sociais
Os movimentos sociais são ações coletivas com o objetivo de manter ou mudar uma situação.
Os movimentos sociais são sempre de confronto político. Na maioria dos casos eles têm uma relação com o Estado, seja de oposição, seja de parceria.
As lutas sociais vão além da defesa de interesses e necessidades, tendo como alvo também o reconhecimento individual e social.
A greve como elemento central
A greve foi um dos instrumentos mais utilizados pelos trabalhadores na sociedade capitalista. Ela representou uma poderosa arma de reivindicação.
Dois pontos de vista:
DURKHEIM- Tem como ponto de partida a idéia de que todo o conflito é resultado da inexistência de regras e normas (anomia) que regulam as atividades produtivas e a organização de várias categorias profissionais.
A desordem (greve), é para ele, um momento especial em uma ordem geral estabelecida e serve apenas para a desintegração da sociedade.- “ O que domina não é a situação de nossa economia, se não o estado de nossa moralidade.”
Marx- Em uma greve existem três atores sociais: o trabalhador, o empresário capitalista e o Estado. A greve para ele é a expressão mais visível da luta de classes entre a burguesia e proletariado.
O Estado aparece na forma de legislação existente, cabe regular a relação existente entre capital e trabalho. As leis tanto pode agir em favor do trabalhador, como do capital, mais o Estado age também como força policial em nome da normalidade.
Nesta perspectiva, numa greve questiona-se não só as condições de exploração em que vivem os trabalhadores, mais também a ação do Estado e seu caráter de classe.
Numa greve operária questiona-se a própria estrutura da sociedade capitalista, que em sua essência é desigual e perpetua a exploração dos trabalhadores.
As greves trabalhistas existem desde o inicio do processo de industrialização.
Os trabalhadores mobilizaram-se pela organização de sindicatos e também por melhores condições de trabalho nas empresas.
Os movimentos sociais no BR e questão do trabalho
Há registros de movimentos sociais no Br desde o primeiro século da colonização até os nossos dias.
1500-1822=> os movimentos sociais mais significativos foram o dos indígenas e dos negros.
1822-1889=> ocorreram movimentos pelo fim da escravidão, e contra a monarquia.
Os movimentos sociais que ocorreram entre o final do século XIX e os primeiros anos do século XX, mostraram um caráter político e social marcante.(guerra de Canudos 1839-1897, e guerra do Contestado 1912-1916 sertanejo contra os coronéis.
As greves operárias, mesmo proibidas por lei,tomaram conta das fábricas, esses movimentos denunciavam as péssimas condições de vida dos trabalhadores, as longas jornadas de trabalho, os baixos salários, a inexistência de leis trabalhistas e a exploração do trabalho feminino e infantil
A República Varguista
A partir de 1930- este primeiro período foi marcado por um forte controle do Estado sobre a sociedade e pouco espaço para manifestações.
A partir de 1946- Inaugura-se um nova constituição, que estabelecia uma democracia no país, houve o surgimento de vários movimentos(o petróleo é nosso,movimentos agrários denunciavam a exploração que sofriam).As greves eram ilegais e reprimidas neste período.
A república fardada
A pesar do golpe militar promovido em 1964, os movimentos dos estudantes e dos trabalhadores continuaram atuantes e criaram uma situação de constatação aberta ao regime, até dezembro de 1968,quando foi decretado o AI-5, que casou todos os direitos do cidadão, inclusive de manifestação.
( Surgiram movimento armados, rurais e urbanos de contestação)
Eles questionavam não só as condições de trabalho, salário,mais também a legislação que não permitia a livre organização dos trabalhadores e do direito de manifestação. Destes movimentos nasceram a central única dos trabalhadores (CUT) e logo depois o partido dos trabalhadores (PT).

A partir do movimento pelas diretas:
Faze que se caracteriza por importantes movimentos de resistência.
Movimento grevista em São Paulo, chamado de ABCD (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano e Diadema), região que concentrava o maior parque industrial do Brasil e, portanto o maior número de trabalhadores industriais.O direito de greve é adquirido na constituição de 1988.

NO CAMPO...
O movimento dos trabalhadores rurais sem terra (MST), organizado no sul do país, a partir de 1979, com apoio de parte da igreja católica (pastoral da terra), do PT e da CUT, o MST tinha como objetivo fundamental, criticar a estrutura da propriedade da terra no BR(onde o latifúndio é dominante) e as condições de vida dos trabalhadores rurais.
Atualmente...
Os movimentos sociais servem para o questionamento das grandes desigualdades existentes no país.Fazer valer os direitos existentes nas leis e criar outros. Eles são um meio da população se organizar e participar politicamente, sem que precise estar ligada às estruturas estatais de poder, construindo assim espaços políticos públicos, para se debater questões importantes para uma sociedade politizada.
Alguns Desafios ...
* A aceitação da igualdade entre gênero;
* O fim do trabalho infantil;
* O cumprimento da legislação trabalhista;
* A legalização do trabalho com o fim do trabalho informal;
* A oportunidade de aperfeiçoamento profissional;
* A valorização profissional;

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...