quarta-feira, 19 de abril de 2017

como pode um prefeito receber o presidente republica

Salário de Orlando Morando é maior do que de Dória e de Alckmin

Por: Karen Marchetti (karen@abcdmaior.com.br)

Prefeito de S.Bernardo tem remuneração de R$ 30,6 mil, valor similar ao do presidente da República
O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), que negocia reajuste salarial com os servidores publicos municipais, tem um dos maiores saláriso de gestores municipais do Brasil. Com renumeração mensal de R$ 30,6 mil, o valor supera os vencimentos do prefeito da maior cidade do País, João Dória (PSDB), e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).
Morando assumiu mandato com salário de R$ 30,6 mil. Foto: Rodrigo Pinto
Morando assumiu mandato com salário de R$ 30,6 mil. Foto: Rodrigo Pinto
De acordo com os portais da transparência da Prefeitura de São Paulo e do governo do Estado, Dória recebe R$ 24,1 mil e Alckmin tem salário de R$ 21,6 mil. Os valores mostrados são brutos. Morando administra uma cidade com aproximadamente 800 mil habitantes e Dória uma população estimada em 12 milhões.
O salário do prefeito de São Bernardo não teve nenhum reajuste desde janeiro quando Morando assumiu a gestão da cidade. Em março do ano passado, a Câmara aprovou aumento de quase 19,6 % no salário do prefeito, vice-prefeito e secretários. O mesmo índice de reajuste salarial foi dado a todos os servidores públicos, na época.
O salário de Morando é um pouco menor da renumeração do presidente da República, Michel Temer (PMDB). Também de acordo com o Portal da Transparência do governo federal, o presidente recebe R$ 30,9 mil ao mês, uma diferença de apenas R$ 300 em relação ao salário do prefeito de São Bernardo.

Diferença entre prefeito e auxuliar de limpeza

O presidente do Sindserv (Sindicato dos Servidores Municipais) de São Bernardo, José Rubem critica a discrepância do salário do prefeito com a maioria dos servidores públicos e avalia que é preciso fazer uma revisão.
“É estranho São Bernardo ser a quarta economia do Estado e o prefeito ter o maior salário que os outros. Outro problema é a diferença de salário da maioria dos servidores públicos. Para ter um exemplo, um auxiliar de limpeza ganha entre R$ 1 mil a R$ 1,4 mil por mês e o prefeito ganha R$ 30 mil”, lembrou o presidente do Sinserv. Nesse caso, a diferença seria de R$ 29 mil, na relação entre prefeito e auxiliar de limpeza.

Campanha salarial 2017

A Prefeitura e os funcionários públicos de São Bernardo ainda não chegaram quando ao reajuste e benefícios. A categoria rejeitou no último dia 7, em assembleia, a proposta do Morando de conceder 5% de reajuste a partir de novembro (aplicado a partir do salário de outubro), abono de Natal de R$ 350, incluindo aposentados e pensionistas, além do vale-refeição, que passaria de R$ 10 para R$ 12.
Os funcionários reivindicam aumento salarial de 7,62% (4,96% da reposição da inflação e mais 2,8% de aumento real), vale-refeição de R$ 25,07 por dia e abono de Natal de R$ 500. A equipe de Morando e do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos) de São Bernardo devem retomar negociação nos próximos dias.

Outro lado

O prefeito Orlando Morando foi procurado, por meio da assessoria de imprensa, para comentar o assunto, mas não respondeu até a publicação da matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...